Frente Parlamentar em defesa das universidades será lançada no dia 10 de junho

Objetivo é fortalecer as instituições públicas, privadas e comunitárias no estado

28/05/2019

No próximo dia 10 de junho, às 17h, no Solar dos Câmara, a Assembleia Legislativa fará o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Públicas, Privadas e Comunitárias do Rio Grande do Sul. Proposta pelo deputado Gabriel Souza, a Frente tem o apoio de 25 deputados e pretende elaborar alternativas para o fortalecimento das instituições no estado.

O parlamentar, que tem feito uma série de visitas aos reitores das universidades gaúchas, reforça que a Frente será suprapartidária e que o objetivo é, a partir dela, promover um debate sem proselitismos, focado em resultados. “A educação superior é um tema extremamente atual e queremos unir as instituições, o Legislativo e a sociedade civil em busca de soluções para este tema tão caro à sociedade”, explica.

Sobre o contingenciamento de verbas às universidades, anunciado recentemente pelo Governo Federal, Gabriel pontua que o debate deve ser sobre a qualidade do gasto e o resultado que instituições geram à sociedade. O deputado reforça que o financiamento do ensino superior também será abordado pela Frente. “Queremos discutir, por exemplo, por que os ricos não pagam mensalidade nas universidades públicas. Será um espaço para pensarmos o futuro da educação”, destaca.

Segundo dados do Censo da Educação Superior, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Rio Grande do Sul possui 122 instituições de ensino superior, sendo 112 privadas e 10 públicas.