Giovani Feltes recebe a Medalha do Mérito Farroupilha em cerimônia no Dante Barone

Presidente da Assembleia Legislativa, Gabriel Souza, entrega Medalha do Mérito Farroupilha para o deputado federal Giovani Feltes.

31/08/2021

Foto: Joel Vargas

Em cerimônia realizada em formato híbrido (virtual e presencial), no início desta tarde (31), no Teatro Dante Barone, a Assembleia Legislativa concedeu ao deputado federal Giovani Feltes (MDB/RS) a Medalha do Mérito Farroupilha, honraria máxima do Parlamento. A iniciativa foi do presidente da Casa, deputado Gabriel Souza (MDB).

O homenageado se disse pego de surpresa pela gentileza e fidalguia do presidente e do conjunto de deputados que aprovaram, por unanimidade, a entrega da distinção. Recordou o início da sua trajetória, afirmando ter ainda em sua retina e memória a imagem de cada uma das pessoas que o acompanharam e o levaram a construir e aprimorar suas visões de mundo e “a andar pela estrada da vida pública, que não era algo tão fácil”.

Agradeceu a cada uma delas, assim como ao partido, pelas oportunidades, ao vice-prefeito que se elegeu ao seu lado em Campo Bom, aos colegas parlamentares, ao governador Sartori e à sua equipe na Secretaria da Fazenda, da qual extraiu muitos aprendizados. Disse que sua trajetória havia sido mais marcada “pelos excessos do que pela omissão”, mas que a preferia desse modo: da política exercida de forma franca e aberta.

Lamentou, no entanto, determinadas disputas rasas e improdutivas a que assistia e pediu desculpas se em algum momento havia sido ele próprio intolerante, avaliando que esta postura deveria ser a exceção e não a regra e que “o Brasil merecia mais”.

Responsabilidade fiscal
O presidente da Assembléia Legislativa, Gabriel Souza (MDB), relatou algumas passagens da sua vida para ilustrar os motivos pelos quais havia proposto a homenagem. Contou que ainda em 1998, quando era líder estudantil em Osório, acompanhava a combativa bancada do MDB na Assembleia e os discursos do então deputado Feltes. Posteriormente, ao eleger-se suplente, assumiu o gabinete do parlamentar na Casa quando este se tornou secretário de Estado.

O mais importante, porém, conforme Gabriel, teria sido o período de 2015 a 2018, quando pôde testemunhar, como líder de governo na Casa, o esforço de Feltes para colocar as contas em dia à frente da Secretaria da Fazenda. “Hoje nós vemos que o grande legado do governo Sartori foi a cultura da responsabilidade fiscal no estado”, disse Gabriel. “A falta de recursos em caixa faz com que os principais prejudicados sejam os cidadãos gaúchos, que precisam da intervenção adequada do estado para viver em ordem e em paz”, continuou. “Faltam recursos para investimentos públicos em segurança, em saúde, em educação, e assim por diante, serviços chamados ‘essenciais’”.

Trajetória
Giovani Batista Feltes nasceu em São Leopoldo em 10 de abril de 1957. É casado com Irenita e pai de Vinícius, Felipe, Guilherme e Gustavo. Graduado em Gestão Pública pela Ulbra, iniciou sua vida pública ao ser eleito vereador por Campo Bom, cargo que exerceu de 1977 a 1988. Em 1988, elegeu-se prefeito de Campo Bom para um mandato de 1989-1992.

Em 1994, elegeu-se deputado estadual pela primeira vez pelo seu partido, o MDB, onde permaneceu por dois mandatos, até o ano de 2000, quando se elegeu novamente prefeito de Campo Bom, tendo sido reeleito em 2004. Como prefeito, marcou sua gestão pelo incentivo à cultura, esporte e lazer, com permanente melhoria da infra-estrutura do município.

Em 2010, foi novamente eleito deputado estadual para o mandato de 2011 a 2015. Nesse período, presidiu a Comissão Especial da Dívida Pública do Estado com a União. Em 2014, foi eleito deputado federal, mas licenciou-se para fazer parte da equipe de governo de José Ivo Sartori como secretário da Fazenda pautando sua gestão pela austeridade e incansável enfrentamento à crise financeira e fiscal que o estado vivia naquele momento.

No início de 2018, retornou ao Congresso para encerrar seu mandato como deputado federal. Concorreu novamente ao cargo nas eleições de 2018 e foi reeleito. Neste mandato é titular da Comissão de Finanças e suplente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional.

Presenças
Na cerimônia, que contou com a participação da jovem cantora Luiza Barbosa na interpretação dos hinos brasileiro e rio-grandense, estiveram presentes o subprocurador de Justiça para Assuntos Institucionais, Julio César de Melo, o corregedor-geral da Defensoria Pública do Estado, Cristiano Vieira Heerdt, o vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado, Alexandre Postal, o secretário-chefe do gabinete da prefeitura de Porto Alegre, André Flores Coronel, a vereadora Lourdes Sprenger, representado a Câmara Municipal, e o deputado federal Marcel van Hattem, entre outras autoridades.

Também presentes os deputados Beto Fantinel (MDB), Carlos Búrigo (MDB), Clair Kuhn (MDB), Gilbeto Capoani (MDB), Patrícia Alba (MDB), Vilmar Zanchin (MDB) e Ernani Polo (PP), além de familiares do homenageado. O ex-governador José Ivo Sartori, e sua esposa, Maria Helena Sartori, ex-deputada estadual, acompanharam a cerimônia de modo virtual.

COMPARTILHE: