Hospital de Tramandaí recebe R$ 1 milhão de recurso extra para custeio

03/07/2018

Deputado Gabriel Souza articulou liberação do recurso junto ao Governo Federal | Foto: Juliane Pimentel

Na tarde desta segunda-feira (2), o deputado estadual Gabriel Souza (MDB) esteve no Hospital de Tramandaí para anunciar a destinação de R$ 1 milhão para custeio da instituição. O valor será repassado pelo Governo Federal, através do Ministério da Saúde, e foi garantido através de articulação do parlamentar junto ao ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, com o apoio do deputado federal Alceu Moreira (MDB).

Durante a solenidade, Gabriel fez uma retrospectiva das últimas ações realizadas para garantir o pleno funcionamento da casa de saúde e o atendimento à população. “Garantimos que o Hospital seja um dos cinco próprios do Estado, o que possibilita que ele receba os repasses na primeira quinzena do mês”, lembrou. Sobre o R$ 1 milhão, o parlamentar disse que ele representa mais fôlego para a gestão, realizada pela Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV). “O recurso poderá ser utilizado para o pagamento de fornecedores, o que resulta na garantia dos insumos necessários para os serviços de saúde”, frisou o deputado.

O diretor administrativo do Hospital, Luís Genaro Figoli, trouxe os números da instituição e o que ela representa para todo o Litoral Norte, especialmente para os municípios de Tramandaí, Imbé, Balneário Pinhal e Cidreira. “Somos um hospital 100% SUS, sendo referência para 23 municípios em diversas especialidades. Realizamos mais de 250 mil procedimentos por ano. Temos o compromisso de garantir o atendimento para mais de 380 mil habitantes”, destacou Genaro. O diretor disse ainda que são em torno de 550 funcionários e 70 empresas contratadas trabalhando diretamente na instituição.

Para o deputado Alceu Moreira a grandeza do hospital implica também no desafio de gerir toda a demanda recebida com os recursos disponíveis. “É preciso lidar sempre em duas frentes. Uma é buscar recursos em todas as fontes possíveis e a outra é agir com gestão muito qualificada e milimétrica, com toda a complexidade que um hospital exige”, disse Moreira.

Representando a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas, o diretor Gilberto Barichello frisou que a liberação do recurso extra só foi possível graças a capacidade e a responsabilidade dos envolvidos com a região e, especialmente, com a casa de saúde. “Desde 2015 que enfrentamos dificuldades financeiras. E desde o início mantemos o nosso compromisso de ser uma instituição 100% SUS. Para isso, contamos com o apoio de todos os trabalhadores que seguram a peteca para que ele permaneça assim e de portas abertas atendendo a comunidade”, reconheceu Barichello.

O evento contou ainda com a presença do secretário estadual de Saúde, Francisco Paz, prefeitos, vereadores, representantes da Coordenadoria Estadual de Saúde, servidores do Hospital e comunidade.

Aporte dos municípios

Referência direta no atendimento para Balneário Pinhal, Cidreira, Imbé e Tramandaí, o Hospital, até então, não recebia aporte financeiro dos municípios. Uma alternativa para garantir mais recursos foi proposta pelo secretário Francisco Paz, e contou com o apoio do deputado Gabriel Souza, sugerindo que o Estado quite os valores pendentes de 2015 a 2017, com estes quatro municípios, e repasse direto ao Hospital de Tramandaí.

Numa primeira audiência, realizada no início de junho, Balneário Pinhal, Imbé e Cidreira haviam firmado o acordo. Ontem, durante a solenidade, o prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto, anunciou que o município fará a adesão da proposta, repassando ao hospital, via Fundo Municipal de Saúde, R$ 1,3 milhão.

O deputado Gabriel elogiou a iniciativa do secretário estadual de Saúde e agradeceu a anuência dos municípios. “Isso demonstra sensibilidade e atende uma necessidade do Hospital que muitas vezes faz atendimentos de baixa complexidade para outros municípios sem receber nenhum aporte financeiro para isso”, finalizou.