NFG mantém R$ 2 milhões para a causa animal em 2019

04/04/2019

A Secretaria Estadual da Fazenda garantiu nesta quinta-feira, 4 de abril, que o repasse de R$ 2 milhões em 2019 às entidades de proteção animal, através do programa Nota Fiscal Gaúcha, está mantido. A permanência do valor foi aprovada na reunião da Junta de Coordenação Orçamentária e Financeira (Juncof). O anúncio ocorre após o deputado estadual Gabriel Souza e a vereadora de Porto Alegre Lourdes Sprenger solicitarem ao secretário estadual, Marco Aurélio Cardoso, a preservação dos repasses, tendo em vista o trabalho desenvolvido por protetores de todo o estado.

Gabriel agradeceu a sensibilidade do atual governo, em especial ao secretário Marco Aurélio, e a mobilização dos protetores em todo o Rio Grande do Sul que ajudaram a evitar o contigenciamento dos valores. “Vamos comemorar esta vitória e movimentar ainda mais as nossas redes, de maneira a incentivar que os gaúchos participem do programa e ajudem o Estado e as entidades”, afirmou o deputado.

O secretário da Fazenda destaca que o NFG é um programa articulado com diversas entidades sociais e tem grande impacto na prestação de serviços. “O esforço da secretaria é no sentido de fortalecer as boas iniciativas buscando sempre adequá-las à realidade do Estado”, ressalta Marco Aurélio.

Ativista da causa animal, a vereadora Lourdes agradeceu ao empenho do deputado Gabriel, a quem definiu como “parceiro desta luta” e reforçou a importância do recurso. “Meu desejo é que as entidades possam seguir atuando no controle populacional de animais domésticos aqui no Rio Grande do Sul”, finalizou a parlamentar.

Atualmente, 77 entidades de defesa e proteção dos animais estão habilitadas para receber recursos do programa. Clique aqui para saber quais ONGs você pode auxiliar.

 

Saiba mais sobre o NFG Pró-Animal:

Em 2018 a causa animal passou a integrar a lista de entidades sociais habilitadas para receber os recursos do programa Nota Fiscal Gaúcha. A iniciativa, articulada pelo deputado estadual Gabriel Souza (MDB), beneficiou mais de 60 entidades em todo o estado. Ao todo foi repassado R$ 1 milhão. Para 2019, o parlamentar aprovou emenda no orçamento do Estado dobrando o valor investido no ano anterior. Seriam R$ 2 milhões para a castração e atendimento de cães e gatos no estado.

Para participar do programa, é preciso realizar o cadastro no site www.nfg.sefaz.rs.gov.br. Depois, basta pedir o CPF nas notas fiscais das compras que parte dos impostos são repassados para que as ONGs possam receber recursos e realizar seus trabalhos.