“O NFG ajuda quem faz: as entidades de proteção animal”, reconhece Gabriel

Parlamentar participou de atividade na Câmara de Vereadores de Ijuí na noite desta quarta-feira (17)

17/07/2019

  • Em roteiro no noroeste gaúcho desde a última segunda-feira (15), o deputado Gabriel Souza conversou com a comunidade de Ijuí, na noite desta quarta-feira (17), sobre o seu trabalho em defesa da causa animal. Além dos seus projetos de lei que buscam auxiliar no controle populacional dos animais domésticos, Gabriel, que é médico veterinário, foi o principal articulador junto ao Governo do Estado para inclusão das entidades de proteção animal no programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG), realizada em 2018. A atividade foi realizada na Câmara Municipal, a convite do vereador Ricardo Adamy.

O parlamentar explicou que, apesar dos municípios serem responsáveis pelo cuidado e pela aplicação de políticas públicas para tratar zoonoses, muitas vezes, por falta de recursos ou até mesmo conhecimento, o trabalho é desenvolvido pelos protetores de animais. “Entendemos que era necessário ajudar quem já faz pelos animais e quem faz são as entidades de proteção animal”, reconheceu. De acordo com as regras do programa, os repasses são distribuídos a cada trimestre e os valores variam de R$ 3mil a R$ 14 mil.

Gabriel explicou o passo a passo para inclusão das entidades no NFG – hoje atualmente 80 instituições da área estão aptas a receber recursos – e reforçou que a partir do cadastro das ONGs, a sociedade se movimenta e o Estado também arrecada mais impostos na medida que os contribuintes exigem a emissão da sua nota fiscal. Para se cadastrar ou conhecer as entidades habilitadas, acesse: www.nfg.sefaz.rs.gov.br